Publicado por: P. H. | 08/07/2009

Pessoas Especiais

Hoje resolvi fazer um momento reflexão sobre como as pessoas se portam, principalmente aqui na cidade onde eu moro, Ponta Grossa, onde muitos tem um modo tradicional de se pensar e vivem em função de status.

É interessante como algumas pessoas se acham especiais, ou seja, se sentem importantes por terem o sobrenome X, usar as roupas Y, viver no meio Z e assim por diante. Algumas pessoas gostam de agir conforme a frase “venha a mim o vosso reino”…

Chama-me a atenção que se você não faz partes dos elementos X, Y ou Z, você simplesmente é considerado como indiferente, ou seja, um NADA para as pessoas que possuem os tais elementos, que para mim considero como os elementos da futilidade.

Algumas pessoas precisam TER para ser alguém, para fazer parte do meio em que vive. Se essa pessoa não TEM, ela mesma se considera como inútil, então é por isso que se torna necessário mostrar o que você possui de matéria ou até mesmo com quem você se relaciona para poder um pouco de existência. Então me vem a pergunta, por que não namorar e casar com a pessoa com o sobrenome X? Até que ponto isso se torna importante? Quando morrermos, a única bagagem que levaremos é o SER, ou seja, quem fomos, que conduta tivemos, o que fizemos para fazer a diferença e melhorar o meio em que vivemos.

“Doar-se” é um verbo que está fora de moda, para algumas pessoas. Ainda está no esquecimento essa ação. Para algumas pessoas pouco lhes importam se o seu próximo está morrendo ali do lado, o que importa para essas pessoas é o TER, o TER para existir. Outras pessoas SÃO, elas sabem SER e sabem mudar o meio em que vivem para melhor utilizando as ferramentas do positivismo… pois é o homem quem faz o meio em que vive e não o contrário. Essas pessoas que SÃO, utilizando as ferramentas do positivismos, em 99,9% dos casos são as pessoas que você gostaria de conviver, pois elas transmitem uma energia tão boa que você se contagia e segue o mesmos exemplos e acaba mudando o meio que convive. Quer mudanças? Comece de dentro para fora, ou seja, com você mesmo!

Já passou para pensar que tipo de pessoas você foi hoje e o que fez para ser uma pessoa melhor? Que tipo de pensamentos teve? O quê desejou? Reflita um pouco e faça a sua mudança, para melhor é claro! 🙂

Enquanto alguns precisam do verbo TER, você pode praticar o verbo SER e fazer a diferença para viver num mundo bem melhor! Com a Lei da Atração está no auge ultimamente, pratique-a com pensamentos positivos e veja que diferença fará em em sua vida daqui 1 mês, depois compare os resultados daqui 1 semestre, depois os resultados daqui a 1 ano e assim por diante… você voltará no passado e verá que realmente mudou, mudou para melhor.

Obrigado por todos que passam por aqui e deixam suas criticas e sugestões! 🙂

Anúncios

Responses

  1. Concordo com cada palavra! Ficou muito bem escreito..parabéns!bjo!!


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: